5 dicas para combater o "Writer's Block"

(Post reciclado) Não. Não vos vou dar as dicas que todos nós já sabemos para combater o  writer's block  - vai dar uma volta, vê f...

(Post reciclado)


Não. Não vos vou dar as dicas que todos nós já sabemos para combater o writer's block - vai dar uma volta, vê filmes ou series, anda sempre com cadernos atrás...etc! Muitas vezes faço esses passos todos e fico com zero de inspiração. Portanto...eis mais dicas de como podem ficar mais inspirados para escrever.

1. Cafeína! - Muitas vezes a falta de inspiração vem de uma preguiça horrível que nos assola e nem conseguimos pensar como gente normal. Descobri que quando bebo café (ou melhor, quando bebo bebidas energéticas do Lidl) tenho mais sonhos do que o normal. Sempre sonhos complexos, perfeitos para serem transformados em filmes ou livros. Também reparo que fico com uma energia redobrada para escrever. Dá-me ideias, energia, inspiração, taquicardias! Claro que esta dica não é aconselhada a quem consome café como se fosse água. Vocês estão mais que vacinados contra o boost inspirador da cafeína.

2. Escrevam mal - Gente, estão a tentar ultrapassar um bloqueio mental e não escrever para ganharem um Nobel da Literatura, ok? Escrevam nem que seja numa conversação do chat do Facebook, em minúsculas e com X em vez de S's. Logo têm tempo de corrigir e editar Ser demasiado picuinhas com os erros e a gramática por vezes é um turn off da inspiração. Não voltem atrás para pôr o nome daquele tipo em maiúsculas! Deixem isso e continuem a escrever. Não parem. Despejem as ideias todas da vossa cabeça para o papel enquanto conseguem, ou durante a pausa da série que estão a ver. Em breve começam a ficar interessados na desgraça que estão a escrever, em breve começam a pensar "Aquela situação com o meu personagem devia ter acontecido assim e não assado!" e em breve o writer's block desaparecerá.

3. Rouba ideias! - Não no verdadeiro sentido das palavras. Plágio não tem piada nenhuma! Mas.....quando se está sem inspiração alguma, quer para escrever livros, quer para um post num blog, podem muito bem ir a um blog, ou ler alguma cena, e pensar: "Está muito bem escrito, mas eu faria de outra maneira...." e reescrevam à vossa maneira. Não é uma cópia propriamente dita e põe-vos a escrever. Não era isso que queriam?
Usem uma cena de uma serie de ficção científica no vosso policial, adaptando-o à história. Sei lá! Hoje em dia nada é original, tudo se inspira em tudo! E se precisam de uma ajudazinha para começar a escrever, porque não?

4. Medidas drásticas - Desliguem o telemóvel e o modem. Agora só podem voltar a contactar com alguém, comer, ir à net ou mesmo à casa-de-banho quando escreverem 5000 palavras. Para tornar isto tudo mais eficaz, combinem com alguém para vos guardar o telemóvel, trancar no quarto, fazer bolos para a casa se encher do cheiro doce e bebam um litro de água antes. Quero ver se não têm 5000 palavras em menos de cinco minutos mesmo que não estejam inspirados.

5. Competição - Muita gente é movida pela competição, acreditem. E não estou a dizer para concorrerem num concurso de escrita que os resultados só saem em Dezembro do próximo ano, não. Estou a falar de competição à séria. Metam um amigo vosso que também goste de escrever ao barulho, decidam-se num objectivo - escrever o melhor policial, a melhor cena de luta, mais palavras, etc. - arranjem outro amigo para ser o júri do vosso trabalho e...ready? Start! GO! 
Para quem se sente sozinho nesta  demanda, podem ir ao Facebook do NaNoWriMo Portugal  e pedir para fazer umas Word Wars (escrever o máximo de palavras num certo tempo). Podem também usar este Face para esclarecer dúvidas de escrita pois eles são todos muito prestáveis.

You Might Also Like

2 comments

  1. Cafeína, sem dúvida. Não consigo funcionar antes de beber café. Apesar de, a meio da noite, do nada, quando estou quase a dormir, tenho as melhores ideias, e tenho de me ir apontar tudo num bloco de notas. A competição comigo não resulta, antes pelo contrário. A mim ajuda-me períodos isentos de labuta, sem qualquer tipo de stress. Curiosamente, as minhas crises existenciais/períodos depressivos fazem-me sempre escrever/criar algo, valha-nos isso. Se quisesse escolher um lugar para levar os meus dias a escrever em modo full-time, iria para Co. Kerry ou Donegal. O mar e o verde são inspiradores e relaxantes. Ah, e a ausência de gentalha.

    ReplyDelete

Flickr Images